Buscar

Porque Lisboa é um bom destino para famílias?

Atualizado: 9 de dez. de 2021

Lisboa é um ótimo destino para famílias!


Seja para um pequeno city-break ou para umas férias mais prolongadas, os pontos a favor são imensos e passam por coisas tão variadas como a simpatia dos locais, em especial com as crianças; a comida saborosa e a facilidade com que se encontram restaurantes com menus especiais para os mais novos; a segurança e os preços acessíveis; a rede de transportes públicos, moderna e muito abrangente; uma vasta oferta de alojamento (entre hotéis e apartamentos) adaptada a receber crianças de todas as idades; a quantidade de museus e monumentos a visitar, muitos com opções 'child-friendly' para a visita, alguns classificados como Património Mundial pela UNESCO; um clima excecional, com muito sol e uma luz incrível, que convidam a desfrutar dos passeios a pé pela cidade; a diversidade e riqueza cultural de bairros e ambientes, desde os bairros mais pitorescos aos mais cosmopolitas; a abundância de parques e jardins, convidativos a uma pausa ou um momento mais lúdico para as crianças, nos seus parques infantis; a proximidade das praias e a possibilidade de passeios à beira-mar; uma agenda cultural que inclui muitos espetáculos e programas para crianças de todas as idades; e tantas coisas mais!



Se quiser tornar a viagem numa experiência mais educativa, também está no sítio certo: Lisboa tem milénios de história e uma bagagem cultural comparável a outras cidades europeias. Passear em Lisboa significa aprender sobre geografia (o rio Tejo e as colinas são uma presença marcante), ficar a conhecer vestígios de construções do tempo dos Romanos, reconhecer heranças mouriscas (na língua, na gastronomia, na arquitetura…), imaginar uma cidade que era o centro do comércio mundial e há cinco séculos, entender os impactos de um gigantesco terramoto que levou à reconstrução da cidade, escutar Fado. Tudo isto entre castelos (o de São Jorge oferece uma divertida visita a Lisboa, em tempo real, através de um periscópio), palácios (onde se contam histórias de príncipes e princesas), museus superinteressantes (desde os mais interativos aos mais tradicionais, onde os temas são muito variados – artes, ciência e tecnologia, história) e lojas surpreendentes (como uma loja-restaurante que vende exclusivamente taças de cereais, ou uma outra que só vende luvas e é muito pequenina, a livraria mais antiga do mundo, um Hospital de Bonecas e muitas pastelarias, porque os bolos em Portugal são irresistíveis e o Pastel de Nata é imperdível!). E tem ainda o Lisboa Story Centre (centro interativo que nos conta, do passado ao presente, os principais eventos da cidade) e o Centro Interpretativo do Bacalhau (espaço de homenagem ao bacalhau, enquanto símbolo da gastronomia, da cultura e da história).



Também não pode perder o bairro mais recente da cidade, construído no local da exposição universal de 1998, dedicada ao tema dos Oceanos, e que se chama hoje Parque das Nações. Aqui, está assegurado um programa completo de um dia inteiro para toda a família: pode visitar o aquário (dos maiores e mais bonitos do mundo, com espécies provenientes de todo o planeta), o Pavilhão do Conhecimento (que é atualmente um centro de ciência, interativo e muito divertido), andar de teleférico, passear à beira-rio, usar um dos parques infantis, pistas de skate ou bicicleta, explorar os jardins Garcia d’Orta (com plantas provenientes de lugares distantes que os portugueses exploraram há vários séculos).



E ainda temos as cores e formas que apresentam as fachadas cobertas de azulejos, os desenhos divertidos ou sofisticados que fazemos com as pedras da calçada nos pavimentos, os elétricos que circulam na cidade como uma montanha russa, os tuk-tuks que sempre dão uma ajuda na subida das colinas e no encontro com as vistas mais surpreendentes e o Hippotrip, que encanta também miúdos e graúdos.


Ainda não fez as malas?!

Lisboa espera por si e pela sua família, os miúdos vão adorar!

0 comentário